Acontece

4° Fórum de Assuntos Estudantis movimenta Proae e Entidades Estudantis

Evento realizado na última semana na reitoria discute temáticas de Assistência Estudantil
Juliano da Silva Damas Júnior
26/10/2018 - 11:59 - atualizado em 26/10/2018 - 11:59

Na última quinta-feira dia 18 de outubro foi realizado o 4° Fórum de Assuntos Estudantis (FAE) organizado pela PROAE em conjunto com as divisões responsáveis que a compõe e são responsáveis pela execução das temáticas abordadas pelo Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES).

Ao todo 38 discentes representando diferentes Entidades Estudantis compareceram à
reunião, realizada na Sala dos Conselhos no bloco 3P, campus Santa Mônica para participar das mesas de debate e discussões realizadas. Na parte da manhã a reunião discutiu o calendário de eventos de 2018, os acertos e os erros cometidos tanto na gestão dos recursos, quanto no monitoramento de medidas aprovadas em fóruns anteriores. Também foi comentado acerca da organização do fórum em si e melhoras estruturais para as próximas edições. No período vespertino foram organizadas mesas de debates com as temáticas do PNAES, juntamente com responsáveis de diversas áreas como moradia estudantil, alimentação, transporte, saúde, esporte, apoio pedagógico etc.


Para Vitória Cardoso, presidente da atlética Moca do campus Monte Carmelo, o evento é uma ótima oportunidade principalmente para os estudantes de fora de Uberlândia trazerem suas demandas. “Uma das dificuldades que a gente enfrenta é a de conseguir uma boa comunicação com os campi de Uberlândia. O fórum é uma oportunidade de nós sermos ouvidos e a instituição saber dos nossos problemas para assim buscar a melhor forma de resolução para eles” diz ela.
Brícia Aps, diretora de eventos da mesma atlética, conta que as principaisnecessidades são na área de esportes e inclusão. “O principal problema hoje que enfrentamos é a falta de local de treino, outra questão é o apoio psicológico para os alunos do campus, sendo que hoje temos um número de 1200 estudantes e apenas uma psicóloga para atendê-los” ressalta.


Diretor de Qualidade de Vida do Estudante, e um dos organizadores do evento, Cláudio Gomes Barbosa comentou do ponto de vista da instituição a representação e oportunidade que o fórum oferece. “O FAE é um importante espaço disponibilizado pela PROAE para integrar as entidades estudantis dos diversos campi da UFU. Ele cria um espaço para discussões dos principais temas que envolvem a vida do estudante, buscando soluções e encaminhamentos para estas temáticas.”
Essas temáticas e propostas são trazidas pelos participantes do fórum. Júlio Vilas Boas, representante do centro acadêmico do curso de história do campus Pontal, comenta sobre a possibilidade de conhecer as propostas para a assistência estudantil “O FAE é necessário para que tenhamos um reconhecimento do espaço da universidade e também saber as propostas que a PROAE junto a reitoria tem para os alunos”. Segundo ele, as questões culturais e evasão estudantil são as que mais precisam ser discutidas “É preciso debater com mais autonomia a relação de cultura como forma de inclusão do aluno, assim como a realização de pesquisas para entender o motivo da evasão de alguns estudantes” Conclui Júlio.


Representante da atlética Agrárias, Matheus Marques cita o momento conturbado do país como fator agravante a ser considerado nas discussões. “No fórum trazemos as demandas de todos os campi e a PROAE passa para os alunos como a UFU está financeiramente para solucionar nossos problemas. Vivemos num país que a cada dia investe menos em educação, com grandes cortes de verba, então é difícil para a gente contornar essa situação. Temos que se organizar para buscar juntos as soluções”